Campanha para eleger o Cristo maravilha

| |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou ontem novamente em campanha, desta vez para eleger o Cristo. Chamado de "bom de voto" pelo governador Sérgio Cabral, Lula lembrou que teve 53 milhões de eleitores e pediu que até quem não votou nele ano passado ajudasse a colocar o símbolo do Rio e do país entre as novas sete maravilhas do mundo. Para isso, Lula vestiu a camisa Vote Cristo - Ele é uma maravilha, que tem o apoio do Grupo Bradesco. O presidente lamentou, aos pés da estátua, que o brasileiro contribua para piorar a imagem do país no exterior.

- Quem viaja muito por este mundo, como eu, volta decepcionado com a imagem que fazem do país lá fora - disse. - O brasileiro é o único povo que fala mal do seu próprio país. É preciso reconhecer que o país tem coisas boas e coisas ruins. Falar bem do Brasil depende só de nós.

Ao posar para fotos, o presidente recusou o pedido dos fotógrafos - e até de Sérgio Cabral - para abrir os braços e imitar a posição da estátua.

- Não vou abrir os braços, porque as manchetes de amanhã serão: "Lula se compara ao Cristo" - afirmou o presidente, numa nova alfinetada na imprensa. Quarta-feira, Lula disse que não se via "nada de bonito na imprensa brasileira", apenas notícias negativas.

Primeiro a discursar, o presidente do Grupo Bradesco de Seguros e Previdência e coordenador da campanha, Luiz Carlos Trabuco, lembrou que o Jornal do Brasil e a Casa Brasil, com apoio do Bradesco, inauguram exposição sobre o Cristo Redentor na sede da ONU, em Nova York, de 18 a 29 de junho. Depois da solenidade, Lula elogiou a iniciativa do JB.

- A adesão do presidente representa uma força para a campanha. Lula empresta o seu espírito de luta e de conquistas para uma causa de grande importância para o Brasil - ressaltou Trabuco.

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, calculou que a eleição do Cristo representaria o incremento de 89 milhões de dólares ao turismo, além de gerar 250 mil empregos. Atualmente, a estátua ocupa a nona posição. Para ficar entre as sete primeiras, precisaria de pelo menos mais 50 milhões de votos. Para ajudar, basta acessar o site www.votecristo.com.br ou enviar mensagem de texto, de graça, para 49216 com a palavra Cristo.

0 Opinaram:

Postar um comentário