MENSALEIRO DE PERUCA NOVA

| |


Que este blog anda carente de comentários, isso todos nós estamos careca de saber - Ops! careca não!. Falar em careca me lembra aquele salafrário, careca cabeludo mensaleiro que fez implante de cabelos, e há quem jure ter visto o ex-ministro deixando o hospital de franjinha. Será? cruz, credo! Arreda satánas!.

Pois não é que apareceu dos quintos do inferno um montãoooo de viúvas do Zé pregajoso para torrar a minha paciência! . Ao ler o meu comentário publicado aqui no blog uma destas viúvas inconsoláveis, e creiam-me são inúmeras que existem por aí, desandaram a me xingar. Queridinhas, não percam seu tempo comigo! Vão cuidar do careca cabeludo. Aliás por falar nele, Acho que ele assistiu a novela das 8 na Globo e tirou a idéia do Marconi Ferraço, mudar a aparência pra fugir do processo...nem precisava de tanto pra isso... Ele podia fazer cirurgia pra implantar caráter .... Opss... foi mal!.


Justo ele Zé Dirceu, que é o grão mestre da arte do aplique foi optar pela técnica do implante. Com certeza ele continua aplicando. A chapinha também tem rendido bons resultados.Por falar em chapinha, será que ele vai montar nova chapa para as próximas eleições com o Marcos Valério?

Já fez plástica uma vez para fugir da Lei, isto é, da cadeia, que é o seu lugar. Não consegue ficar no ostracismo, por isso inventou essa de implante capilar... Ficaria mais simples e barato se colocasse um pinico na cabeça...


Em ritmo de Carnaval, Vamos lá viúvadas do Zé! Cantem.... :


Olha a cabeleira do zezé será que ele é será que ele...Será que ele é..... bi****???

Para preservar as gerações futuras, a história do Brasil vai ignorar José Dirceu... E suas vúvas!

1 Opinaram:

Blogueiro disse...

Juliana acredita mesmo que Brasil teria mudado de mãos, que estariamos colhendo estes otimos frutos, se o PT, Zé Dirceu, não tivessem utilizado as mesmas armas (mensalão) do PSDB?

Lembra da CPI da Compra de Votos quando o PT tentou denunciar os mensalões?

De 1970 para cá as armas mudaram.

Se necessário, eu, voce, fariamos a mesma coisa. Não?

Postar um comentário