Festa com dinheiro público

| |


Quase dois meses após ter saído da presidência da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), Roberto Scaringella ainda mantém privilégios do período em que chefiava a companhia, órgão da gestão Gilberto Kassab (DEM-SP).

Sem cargo de diretor, o engenheiro continua tendo à disposição um dos carros oficiais reservados aos quatro membros da cúpula da CET. Ontem pela manhã, a Folha fotografou o veículo sendo utilizado em fins particulares. O Vectra cinza-chumbo, modelo Expression, ano 2007/08 é um dos cinco carros alugados pela CET desde outubro passado, ao custo de R$ 294.336, por dois anos -R$ 58.867 por veículo.

Despesas com motorista particular e combustível correm à parte, por conta da CET.
Desde que foi destituído, em 12 de junho, Scaringella voltou a freqüentar sua empresa, a Scaringella Trânsito, que presta consultoria em transportes. Ele passou também a integrar o Conselho de Administração da CET, órgão de caráter consultivo que não disponibiliza veículo e motorista.

Para participar de uma reunião por mês, cada um dos dez conselheiros -em sua maioria secretários da gestão Kassab - recebe R$ 6.000 mensais.

0 Opinaram:

Postar um comentário