Parabéns diretores da Polícia Federal. Fora Protógenes!

| |

A maluquice do delegado Protógenes atingiu o paraxismo com a carta aberta ao presidente americano Barack Obama pedindo ajuda para combater a corrupção no Brasil.

Sim, você leu direito. Protógenes escreveu uma carta aberta ao presidente dos EUA. E o fez em três quase-idiomas: um que lembra o português, um que lembra o inglês e outro que lembra o francês. E POR QUE PROTÓGENES ESCREVEU A CARTA ABERTA? PARA, ACREDITEM, DENUNCIAR O PRESIDENTE LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.


Segundo a carta do tresloucado: "Infelizmente, não é apenas o judiciário que está no payroll do banqueiro-bandido Daniel Dantas. O próprio presidente da república, o Lula, acaba de colocar los amigos para assumir controle do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) com um decreto no dia 19 de fevereiro de 2009, visando obstruir processos relativos à soberania da nação – aliás, uma jogada não muito distante do Patriot Act do presidente G.W. Bush que custou aos EUA um atraso que o senhor pode mensurar melhor do que ninguém. No caso em questão, 11 entidades autônomas, incluindo as forças armadas brasileiras, formavam um conselho consultivo que coordenava a Sisbin. Esse conselho foi agora substituído por um comitê de seis indivíduos amigos de Lula, todos com um passado ético extremamente questionável."

Protógenes pede o apoio de Obama — eu juro!!! — para combater o crime dos poderosos do Brasil. E ele o faz assim: “O Brasil vive momentos de fragilidade, pois evidências de esquemas de corrupção que ameaçam a soberania de nosso país estão presentemente sendo avaliadas nos EUA. Precisamos, portanto, do seu apoio. Sabemos, afinal, que o crime organizado internacional não tem qualquer comprometimento com o valor público das nações do planeta, mas apenas com a sua dizimação, fato que perpetua o flagelo e o sofrimento de centenas de milhões de seres humanos em todos os países.”


Ao cantar as próprias glórias e exaltar os feitos da Satiagraha, escreve: “A luta brasileira contra a corrupção tem se tornado mais intensificada nesses últimos meses conforme a operação Satiagraha da Polícia Federal tem evidenciado ao povo brasileiro o envolvimento dos três poderes da república em esquemas de corrupção. Isso se tornou público a partir da apreensão e condenação do banqueiro-bandido Daniel Dantas, o agente financeiro de inúmeras fraudes e atos criminosos realizados nos últimos 15 anos em conjunto com os mais altos representantes públicos dos poderes executivo, legislativo e judiciário do Brasil.”

Não sei se Protógenes escreve como pensa ou pensa como escreve. Em qualquer dos casos, convenham, algo de muito grave se passa naquele mente.

Mas o melhor mesmo foi a resposta de Obama a Protógenes...

"Lula é o cara"

"O político mais popular do mundo"

Mas vamos ao centro da questão. O delegado acusa o presidente Lula de estar na pay-roll — SIM, NA FOLHA DE PAGAMENTO — de Daniel Dantas. Isso ainda é pouco. Não só está na folha como mudou um órgão do estado brasileiro para facilitar o crime.

Eu levanto a dúvida sobre a sanidade do policial que entrará para a história por ter facilitado, com sua incompetência, a absolvição do banqueiro Daniel.

Protógenes não é apenas maluquinho. Isto seria atenuante para as arbitrariedades que cometeu. Ele é primário, ignorante e rasteiro. Um perfeito idiota latinoamericano, estimulado por um grupo de jornalistas espertalhões, que lidera alguns jornalistas tão idiotas quanto ele.

Eis aí. Protógenes, como ficou claro na entrevista ao UOL, está a um passo de se candidatar a um cargo eletivo. Vê-se do que é capaz sem imunidade parlamentar. Imagina-se o que poderá fazer depois. Ou bem ele é tratado como um delegado da Polícia Federal, e sua denúncia contra Lula tem conseqüências, ou bem se toma o que diz como maluquice. Mas, nesse caso, ele não pode continuar delegado. No primeiro caso, tem de responder na Justiça pelo que diz; no segundo, é o caso de descobrir o remédio certo.
Estratégia?
A carta pode obedecer a uma estratégia? Pode. Ele quer aparecer como aquele que tem inimigos de todos os lados. Parece-me que decidiu forçar a barra em busca de uma punição, de modo que possa declarar que foi empurrado para a disputa política. Uma vez com a imunidade parlamentar, pode-se proteger de todas as suas irresponsabilidades e não se verá obrigado a provar suas acusações ou a responder por seus crimes. Já antevejo um palanque com Heloísa Helena e Protógenes Queiroz. Ela tentando implantar o socialismo no Brasil, e ele, seu particular senso de justiça. .

Exerce, hoje, cargo na Coordenação de Defesa Institucional da Polícia Federal e, no entanto, recentemente pediu o impeachment de Lula, e, na semana passada, uma intervenção do presidente americano em questão interna do Judiciário brasileiro.

Fora da PF, Protógenes será apenas o que decidiu ser há bastante tempo: candidato do PSOL a algum cargo eletivo. O partido tem percorrido o país com o delegado a tiracolo, para fazer número em comícios.


Ok, A síntese poderia ser esta: “Você está do lado errado”, sugerindo, claro, que eu estaria do lado de Daniel Dantas e contra Protógenes. Dantas? Que pague pelos seus crimes! Mas não aceitaria este delegado como meu guia nem que fosse no inferno. Protógenes é o melhor advogado que o banqueiro tem. Provavelmente, é também o mais barato. Afinal, quem lê a carta de Protógenes conclui que Dantas é o "banqueiro bandido" e que Lula, por dedução lógica, é o "presidente bandido".

0 Opinaram:

Postar um comentário