Brasil investirá em rodovia

| |

Os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Evo Morales, da Bolívia, vão formalizar amanhã um empréstimo de US$ 332 milhões para a construção de uma estrada na Bolívia.

O empréstimo será concedido pelo governo a empresas brasileiras que construirão uma estrada de 306 quilômetros entre as cidades bolivianas de Villa Tunari e San Ignacio de Moxos.

A estrada vai se unir ao corredor interoceânico, que em dezembro de 2007, Lula, Morales e a presidente chilena, Michelle Bachelet, se comprometeram a construir e que ligará os portos de Santos e Iquique (Chile) através da Bolívia.

Acordo para o lítio

Durante o encontro de sábado, Lula e Morales assinarão um memorando de cooperação científica e tecnológica para o uso dos recursos da salina de Uyuni, que reúne as maiores reservas de lítio do mundo.

Outro assunto na agenda bilateral será a situação de cinco mil brasileiros que vivem em condição de ilegais no país vizinho, cuja regularização Lula pedirá que seja “acelerada”.

Lula e Morales conversarão também sobre o combate ao tráfico de drogas e a necessidade de reforçar os controles na fronteira, para o que será assinado um acordo de cooperação em Defesa Civil e ajuda humanitária.

O pacto, no entanto, não contemplará a possibilidade de que sejam realizadas ações conjuntas entre policiais dos dois países.

0 Opinaram:

Postar um comentário