Araguaia

| |

Os ministros da Defesa, Nelson Jobim, e da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, viajam amanhã para o Araguaia, onde acompanharão as escavações em buscas de ossadas de guerrilheiros e militares mortos em confronto na década de 1972. Os dois seguirão para as localidades de Butuma e Bacaba, onde o Exército recebeu informações da existência de restos mortais. A dúvida é se a operação será mais uma pirotecnia ou realmente ajudará a elucidar o sumiço dos corpos dos guerrilheiros mortos

0 Opinaram:

Postar um comentário