Então a gente acredita

| |

Ao final do encontro com movimentos sociais ontem, o presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), disse que o partido não deixará a CPI do MST virar "palco eleitoral" da oposição. "A CPI é um movimento político da oposição para tentar criar constrangimento político para o governo", disse.

Segundo ele, o PT trabalhará na comissão para investigar a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, ligada ao DEM. "Os democratas têm uma base no setor ultraconservador do meio rural e interesse em criar esse tipo de confusão no ano eleitoral", afirmou.

Para Dilma, o governo é contra a "criminalização" do MST. "O governo não é a favor de nenhum ato ilegal. Sabemos que uma prática de anos foi tratar como caso de polícia movimentos sociais. Isso não significa que seremos complacentes, mas não concordamos com essa tradição conservadora".

0 Opinaram:

Postar um comentário