Vannuchi e Jobim reúnem-se hoje com o presidente

| |

Os ministros da Defesa, Nelson Jobim, e da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, reúnem-se às 9h de hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois ministros estiveram reunidos na noite de ontem no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória do governo federal, em busca de um entendimento político que ponha fim à crise gerada pelo 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH).

Um assessor do governo afirmou ao Valor que uma das alternativas em estudo no governo era esquecer a polêmica sobre o decreto e remeter possíveis correções no texto para o grupo de trabalho que vai discutir o projeto de lei a ser encaminhado ao Congresso Nacional. "O que vale, na verdade, não é nem o PL que chegará ao Congresso. Mas o texto que será aprovado pelos parlamentares. O plano, no formato atual, é uma compilação de três conferências: saúde, mulher e direitos humanos", resumiu.

A saída seria, então, buscar um consenso entre os defensores dos direitos humanos e os militares para amenizar o conteúdo do projeto que criará a chamada Comissão da Verdade. Auxiliares do presidente, que participam das discussões, não confirmaram se haverá troca de expressões, como "repressão por conflito político", por exemplo. Mas indicaram que o fato de Vannuchi e Jobim terem se reunido a sós na sede provisória do governo é um sinal de que é preciso haver uma conciliação real entre eles. "É preciso lembrar, contudo, que a palavra final é do presidente Lula. É ele quem vai decidir quando e quais expressões serão removidas do texto", ponderou um aliado.

Os dois ministros chegaram em momentos diferentes ao CCBB. Jobim chegou primeiro. Cerca de meia hora depois chegou Vannuchi. Ele encontrou-se rapidamente com a chefe da Casa Civil, ministra Dilma Rousseff.

0 Opinaram:

Postar um comentário