ProUni: MEC divulga lista de beneficiados com bolsas

| |


Foram pré-selecionados 101.997 candidatos para 2008

O Ministério da Educação (MEC) divulgou ontem a lista de 101.997 candidatos pré-selecionados para receber bolsas do programa Universidade para Todos (ProUni), que dá vagas gratuitas ou pela metade do preço em faculdades particulares. Os estudantes devem comparecer à instituição de ensino superior para a qual foram pré-selecionados entre os dias 2 de janeiro e 1º de fevereiro. Os nomes estão na internet, na seção do ProUni na página do MEC (www.mec.gov.br)

A seleção do ProUni referente ao primeiro semestre de 2008 registrou 855.734 inscritos. Como a maioria solicitou bolsa em cursos onde a procura foi maior do que o número de vagas, sobraram bolsas em dez estados. Em outros 17 estados, porém, foram pré-selecionados candidatos em número suficiente para preencher 100% da oferta.

Maior número de candidatos foi de São Paulo

Os estudantes deverão apresentar documentos que comprovem os dados da ficha de inscrição, como renda familiar mensal por pessoa inferior a três salários mínimos (R$1.140) para bolsas parciais e menor do que um salário mínimo e meio (R$570) para integrais. Os candidatos só podem ter cursado o ensino médio em escola pública ou como bolsistas em estabelecimentos particulares.

O MEC divulgou que São Paulo teve o maior número de candidatos (213.724), seguido por Minas Gerais (121.075), Bahia (81.781) e Rio Grande do Sul (64.814). De acordo com o ministério, os três pré-selecionados com maior pontuação querem vaga em cursos de medicina em Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre. As mensalidades são de cerca de R$2,5 mil.

Para ingressar no ProUni, os interessados devem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A nota média aumentou 15% em relação ao processo seletivo do primeiro semestre deste ano, segundo a Secretaria de Educação Superior.

Em troca das bolsas, as instituições de ensino recebem isenções fiscais do governo. Universidades filantrópicas são obrigadas a aderir para continuar deixando de pagar impostos ou contribuições ao fisco.


0 Opinaram:

Postar um comentário