Bancada ruralista volta a pressionar por negociação

| |


Os deputados da bancada ruralista do Congresso Nacional voltaram a pressionar o governo para que uma nova rodada de negociação de dívidas agrícolas. Ontem, eles pediram ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, uma renegociação das parcelas que vencem no primeiro trimestre do ano, entre R$ 12 bilhões e R$ 15 bilhões, enquanto o governo não apresenta uma solução para toda a dívida do setor, o que já foi prometido pelo governo.

A previsão era que a negociação seria concluída em dezembro do ano passado, mas a proposta do governo ao setor foi mais uma vez adiada e deveria ocorrer em março próximo.

Mantega, segundo disseram ontem os deputados, prometeu pelo menos analisar as reivindicações e dar a resposta aos parlamentares na próxima segunda-feira, mas fontes do governo sinalizam que o Tesouro Nacional vai se colocar contra.

O pleito dos deputados, representado pelo presidente da Comissão de Agricultura da Câmara e representante da bancada ruralista, o deputado Marcos Montes (DEM-MG), foi apresentado ontem durante reunião com o ministro Mantega, com a presença dos ministros da Agricultura, Reinhold Stephanes, e de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, na sede do Ministério da Fazenda. Nos bastidores, os comentários são de que a reunião é resultado de uma ordem dada anteontem pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a reunião ministerial.

O presidente teria pedido aos ministros que aumentem o diálogo com os congressistas. Essa também é a primeira vez que Múcio participa de reunião da bancada ruralista.

0 Opinaram:

Postar um comentário