Celso Amorim só chega à Suíça no terceiro dia

| |


O ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, participa hoje do encontro anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos, Suíça. O ministro também realizará uma série de reuniões bilaterais nesta sexta-feira. Na previsão da agenda estão encontros individuais na parte da tarde com a representante de Comércio dos Estados Unidos, Susan Schwab, com o diretor geral da Organização Mundial de Comércio (OMC), Pascal Lamy, e com o ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, David Miliband.

No sábado, está previsto um encontro com os ministros do G20 (grupo dos países em desenvolvimento liderado por Brasil e Índia). A organização está a cargo da Índia. Anteontem, o ministro de Comércio e Indústria da Índia, Kamal Nath, demonstrou otimismo para este encontro.

O representante de Comércio da União Européia (EU), Peter Mandelson, disse que é importante que haja um avanço em Doha ainda este ano, pois não há garantias de que o próximo governo continuará com as negociações no mesmo patamar.

Se falharmos agora será imperdoável - acrescentou Mandelson, batendo na mesma tecla de que é necessário que haja uma abertura dos países em desenvolvimento nos setores industriais e de serviço para que um aumento na redução dos subsídios aos produtores agrícolas dos países ricos, entenda-se UE e EUA. Os países em desenvolvimento reivindicam uma maior abertura para os produtos agrícolas nos mercados desenvolvidos e, para isso, é necessário um corte maior dos bilhões de dólares que os EUA e a EU concedem a seus produtores.

0 Opinaram:

Postar um comentário