O homem em campanha

| |


Interessado em pavimentar seu acesso à Presidência da República, o governador José Serra (PSDB) reúne hoje, no Palácio dos Bandeirantes, 205 prefeitos para o anúncio de investimentos de R$ 1,8 bilhão em estradas do Estado de São Paulo.

Embora a liberação de recursos não exija assinatura de convênio com municípios -as obras são do Estado-, o governo convidou prefeitos para o lançamento de dois programas.

Um deles prevê a recuperação de 307 acessos de municípios a estradas, num total de 1.600 km e R$ 910 milhões até o final do mandato de José Serra. Outro programa destina cerca de R$ 870 milhões à recuperação e ampliação de 680 km de rodovias estaduais que não foram privatizadas, atendendo a 73 municípios.

A maior parte do dinheiro foi obtida com a concessão de cinco lotes rodoviários à iniciativa privada. Ao todo, os consórcios pagarão R$ 3,5 bilhões ao governo.
O secretário estadual de Transportes, Mauro Arce, alega que, embora sejam do Estado, as obras beneficiam os municípios. Daí, o convite aos prefeitos.
"Essas obras são ligadas aos municípios. A estrada é nossa. Mas está na cidade dele. O prefeito passa lá todo dia", justificou Arce.

0 Opinaram:

Postar um comentário