'Não podemos descansar', pede Obama

| |


No penúltimo dia de campanha, o candidato democrata à Presidência americana, Barack Obama, pediu a eleitores em Jacksonville, na Flórida, que não se deixassem levar pelo seu favoritismo e que continuassem a buscar votos. No fim do dia, ele anunciou que sua avó que vivia no Havaí morreu de câncer.

Durante comício, Obama disse que não se pode "esmorecer, descansar ou de abrir mão de um minuto ou de um segundo nas próximas 24 horas. Não agora. Não quando tanta coisa está em jogo". Mais: "É assim que vamos mudar este país - com a sua ajuda".

Em um comunicado, Obama anunciou que sua avó Madelyn Payne Dunham morreu aos 85 anos, vítima de câncer. Dunham, que vivia no Havaí, teve um papel de destaque na criação de Obama. No mês passado, o candidato deixou a campanha para visitá-la. Obama disse que "ela era a pedra angular da nossa família e uma mulher de realizações extraordinárias, força e humildade. Foi a pessoa que nos encorajou e permitiu que fizéssemos escolhas".

0 Opinaram:

Postar um comentário