Lula defende participação do Brasil em processo de paz

| |


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu ontem uma ampla mesa de negociações para a paz entre Israel e os palestinos. Para ele, é o momento de todos se sentarem para discutir a questão. E defendeu que outros países, como Brasil, participem desse processo.


"Eu mandei o Celso Amorim (ministro das Relações Exteriores) visitar o Oriente Médio para dizer que o Brasil está interessado em participar ativamente para encontrar, definitivamente, o caminho da paz", disse o presidente.


Lula tomou como exemplo o Brasil, onde árabes e judeus convivem lado a lado, em perfeita harmonia. Ele disse não saber por que isso não poderia acontecer em outros lugares do mundo. Disse ainda que o governo brasileiro reconhece a legitimidade do Estado israelense, mas que também apóia a criação de um Estado palestino. "É plenamente possível a existência de dois Estados que possam ser Estados, que tenham relações diplomáticas, que possam se desenvolver, progredir. E eu acho que o povo palestino merece essa chance."

0 Opinaram:

Postar um comentário