Escolas com LapTop

| |


Os 905 computadores portáteis que foram entregues pelo Ministério da Educação (MEC) aos secretários municipais que estão reunidos em Brasília são apenas parte dos 5.563 que a pasta adquiriu. A intenção é distribuir uma máquina para cada secretaria municipal de educação nos encontros que serão realizados até abril. Os gastos com a compra dos aparelhos chegam a R$ 8,5 milhões.

Segundo o MEC, os laptops foram adquiridos por meio de pregão eletrônico e custaram R$ 1.540 cada. O modelo da marca Itautec tem 2GB de memória RAM e 160 de HD. A justificativa do ministério para a doação é de que o computador vai facilitar o acesso dos dirigentes municipais às informações relativas aos programas do governo federal na área educacional.

De acordo com o MEC, os secretários que receberem os computadores terão prazo de 60 dias para enviar ao ministério cópia do documento que declare o laptop como patrimônio da Secretaria Municipal de Educação e não do dirigente municipal.

Para o especialista em administração pública, João Paulo Peixoto, professor da Universidade de Brasília (UnB), a ação do ministério é contraditória e mostra uma "inversão de prioridades". "Tenho certeza que para suprir as necessidades da educação básica dos municípios, a prioridade não é o fornecimento de laptops. As carências maiores, na maioria desses locais, é melhorar as salas de aula, os equipamentos pedagógicos, o transporte escolar, a remuneração dos professores", compara.

O secretário-executivo da pasta, Henrique Paim, disse ainda que as doações fazem parte do processo de inclusão digital e informatização que está sendo promovido pelo ministério.

0 Opinaram:

Postar um comentário