Cigarrinho do capeta

| |

O deputado brasiliense Laerte Bessa pretende entrar com representação criminal na Procuradoria Geral da República contra o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Segundo Bessa, Minc fez apologia ao uso da maconha, ao participar de manifestação no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro. Para o deputado, a apologia ao uso da maconha constitui crime e, portanto, ao participar publicamente de evento e emitir declarações, o ministro deve ser punido.

0 Opinaram:

Postar um comentário