Será?

| |

Ao pedir vista ao processo de extradição de Cesare Battisti, no STF, o ministro Marco Aurélio deu sinais de ter um coelho na cartola. Quem conhece os bastidores do Supremo arrisca a dizer que na retomada do julgamento podem aparecer provas de estarem prescritos os crimes pelos quais é pedida a extradição, como defende o ministro da Justiça, Tarso Genro. O caso então seria arquivado. E Battisti estaria livre.

Mui amigos!

A acalorada divergência entre os ministros Eros Grau e Cezar Peluso, no julgamento de Cesare Battisti, que culminou com o primeiro sendo atendido no plantão do serviço médico do STF, não terá fim. Na quinta-feira 10, indagado sobre o clima tenso, Peluso disse em tom sereno: "Não foi nem será a última vez que divergimos, mas sem prejuízo da nossa amizade."

Nitroglicerina pura

Se o STF aprovar a extradição de Cesare Battisti, Lula terá problemas extras. O presidente Álvaro Uribe, da Colômbia, sinalizou que pedirá, de novo, a extradição do ex-padre Olivério Medina, ex-militante das Farc, que em 2006 ganhou refúgio político aqui.Também Evo Morales voltará à carga, já se sabe, pela extradição de 100 bolivianos abrigados no Acre, após fracassado movimento pró-autonomia da região do Pando, em 2008.

0 Opinaram:

Postar um comentário