Confecom terá 600 delegados de teles e TVs

| |

Os grupos Bandeirantes e RedeTV! e as companhias telefônicas estão indicando cerca de 600 delegados à Conferência Nacional de Comunicação. No evento, as teles vão defender a mudança da lei que as impede de oferecer TV a cabo e a redução de impostos sobre a telefonia.

As companhias telefônicas participam da organização da conferência por intermédio da Telebrasil. O receio das teles de que haja uma pressão para eliminar a assinatura básica do telefone até agora não se confirmou, pois tal proposta não ganhou relevância na agenda proposta.

Depois que seis associações -Abert (rádio e TV), Abranet (provedores de internet), ABTA (TV por assinatura), ANJ (jornais), Adjori (jornais do interior) e Aner (revistas)- deixaram a conferência, coube à Telebrasil e à Abra (Associação Brasileira de Radiodifusores, que representa a Band e a Rede TV!) preencher a cota de delegados do setor empresarial.

Flávio Lara Resende, diretor da Rede Bandeirantes e da Abra, diz que é contrário a várias teses defendidas por ONGs e entidades sindicais -como o controle social sobre a mídia e a descriminalização das rádios piratas-, mas afirmou que que vê pontos convergentes e espaço para diálogo.

0 Opinaram:

Postar um comentário