Banda larga popular vai usar rede WiFi

| |

A Telefônica vai lançar até o fim de janeiro um serviço de banda larga popular a R$ 29,90 por meio de rede sem fio WiFi. Essa foi a alternativa técnica encontrada para chegar às residências que não contam com telefone fixo. "Tecnicamente não seria possível instalar o Speedy em residências de não assinantes", diz o presidente da Telefônica, Antonio Carlos Valente. Os usuários de telefonia fixa pagam perto de R$ 40 pela assinatura, encarecendo a opção de banda larga popular acordada com o Governo do Estado de São Paulo, o que atrasou a oferta do produto.

A Telefônica conta com uma rede de 150 hot spots (antenas) próprios no Estado de São Paulo e a ideia é estender esse número conforme a demanda por banda larga. Os novos notebooks já saem de fábrica com modem interno para o WiFi, aumentando o potencial de usuários da banda larga sem fio.

A operadora termina 2009 com alguns percalços, como a suspensão da venda do Speedy por três meses e a perda da GVT para o grupo francês Vivendi. Valente afirmou que ainda aguarda um posicionamento da CVM sobre a lisura do processo e só depois disso tomará outras medidas. "Continuamos avaliando aquisições de empresas regionais", diz o executivo. Outra estratégia será uma maior sinergia com a Vivo na oferta de pacotes integrados de banda larga fixa, móvel e TV paga via satélite.

Neste ano a operadora investiu acima de R$ 2 bilhões em infraestrutura e R$ 750 milhões só em banda larga. O serviço continua prioridade em 2010.

1 Opinaram:

JBmartins disse...

Minha sincera opinião, não sairá do papel, no link abaixo tem um teste da banda larga 3G, uma piada, não funciona o que prometem as operadoras, é ridiculo, dizer que no Brasil tem 3G. http://olhardigital.uol.com.br/laboratorio_digital/video_wide.php?id_conteudo=9991&/3G+QUAL+OPERADORA+OFERECE+O+MELHOR+SERVICO

Postar um comentário