Soterramentos matam dez em cidades de SP

| |

A chuva que atinge o Estado desde o Réveillon causou a morte de dez pessoas, segundo a Defesa Civil do Estado de São Paulo. Em Guararema (Grande SP), quatro morreram soterradas na tarde do dia 1º e 38 estão desabrigadas e foram encaminhadas para escolas municipais. Segundo a Defesa Civil, 45 casas precisaram ser interditadas por causa das enchentes.

Seis pessoas de uma mesma família morreram soterradas após o desabamento de uma casa em um sítio de veraneio em Cunha (231 km de SP), no Réveillon. Na cidade, 20 pessoas foram encaminhadas para uma escola municipal. Os bombeiros informaram que a cidade está isolada e só é possível acessá-la por ar ou por barco. O único acesso à cidade está interditado, no km 40 da rodovia Vice-prefeito Salvador Passetti --que liga Guaratinguetá a Cunha-- por causa da queda da cabeceira de uma ponte. Segundo a Defesa Civil ainda não há previsão de liberação.

2 Opinaram:

Carlos disse...

Puxa vida!
Eu, que só assisto a Globo, pensei que a unica morte fosse da filha dos donos da pousada Sankai...
Afinal, só falam dela, né?
Com direito a video mostrando a asa delta soltando as cinzas e tudo...
Quer dizer que morreu mais gente, é?
Mas não devem ser tão importantes...

Carlos disse...

Bem, já que comentários não são aceitos, vou deletar este blog.
Boa sorte.

Postar um comentário