DEM e PSDB só trabalham contra pobre

| |

A fase não é boa para o prefeito Gilberto Kassab (DEM) Não bastassem as chuvas, que expõem de maneira violenta as precariedades de infraestrutura e a desordem urbana de São Paulo, a prefeitura parece caprichar na hora de tomar decisões que prejudicam os necessitados.

Depois da tentativa de reduzir a quantidade de comida oferecida às creches, em setembro do ano passado, agora a prefeitura deixa de enviar alimentos para as entidades que atendem crianças órfãs ou em situação de risco.

Desde o início de janeiro, o município parou de enviar a merenda às entidades que cuidam desses menores e mandou avisar que cada uma delas terá de passar o mês com R$ 2.289.

A avaliação geral é que o dinheiro é muito curto para atender às necessidades dessas instituições. Uma delas gastou com alimentação no mês passado quase R$ 6.000.

É uma incrível falta de sensibilidade da prefeitura tentar economizar em cima dos mais carentes. E logo num momento em que o prefeito está "devendo", e a cidade se comove com o drama das populações pobres atingidas pelas enchentes. Dá a impressão de que a prefeitura quer criar fama de Robin Hood ao contrário --o que tira dos pobres para dar aos ricos..

1 Opinaram:

alessandra_st disse...

outro fato que comprova isso é que a prefeitura de são paulo não recadastrou cerca de 65.000 famílias que eram beneficiadas com o bolsa família. no jogo do empurra, disse que isso era responsabilidade do ministério, o que não é verdade em nenhuma cidade do brasil. resultado: elas terão o benefício cortado. parece boicote...

Postar um comentário