TCU condena ex-prefeito de Porto Seguro a devolver mais de R$ 2 milhões

| |

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Porto Seguro José Ubaldino Alves Pinto Júnior (PMN) a devolver R$ 2.089.153,19, valor atualizado, ao Fundo Nacional de Saúde (FNS).

O ex-prefeito não comprovou bom uso de recurso público federal destinado à implantação de ações preventivas, assistenciais e de vigilância epidemiológica para erradicar o Aedes Aegypti no município.

Segundo o relator do processo, ministro Marcos Bemquerer Costa, não foram apresentadas notas fiscais ou recibos referentes aos pagamentos que teriam sido feitos com vistas à implementação do convênio.

Ele ainda terá de pagar multa de R$ 50 mil pelas irregularidades. A cobrança judicial da dívida já foi autorizada. O TCU encaminhou cópia da decisão à Procuradoria da República no Estado da Bahia para que sejam tomadas as providências cabíveis. Cabe recurso da decisão

0 Opinaram:

Postar um comentário