Gretchen no PPS

| |

Essa entrevista eu pesquei lá na coluna Ilustrada da Mônica Bergamo da Folha para assinante

"Vou ter professor particular de política"
Um dos últimos baluartes da oposição, o PPS, de Roberto Freire e Raul Jungmann, está filiando a cantora Gretchen. Mas -decepção! Ela já chega elogiando o presidente Lula.


FOLHA - A senhora está se filiando a um partido socialista. Que pensadores mais admira?

GRETCHEN - Então... Inclusive, eu pedi para o deputado Raul Jungmann que colocasse, à minha disposição, um professor de política. Porque eu não quero ser bonitinha burra. Por isso, nesse momento, eu não posso te dar essa resposta. Mas acredito que, daqui a um mês, você pode me perguntar isso de novo que eu vou te responder.

FOLHA - Por que escolheu o PPS?

GRETCHEN - Eu já tinha praticamente fechado com outro partido, mas, depois que eu assisti à propaganda política deles, eu me encantei pelo projeto. Vi a Denise Frossard falando. Admiro muito ela, que é uma mulher como eu: batalhadora.

FOLHA - E o presidente Lula?

GRETCHEN - Houve aquela decepção em relação a tudo que aconteceu, mas já está comprovado que ele não sabia de nada. Então estou esperando agora esse novo ano, né?

FOLHA - E o caixa dois das campanhas?

GRETCHEN - Eu não penso em comprar nenhum voto, começa daí. A partir do momento em que você não pensa em comprar voto, e só pensa em fazer o bem pela cidade, as coisas acontecem naturalmente.

FOLHA - Um leitor que leu a notícia de sua filiação num blog afirmou que agora o PPS será assumidamente só de bundões.

GRETCHEN - Isso não me atinge [risos]. Acho que todo mundo é livre para falar o que quer.

FOLHA - Continuará com a carreira de atriz pornô?

GRETCHEN - Deixo minha carreira artística para me dedicar à carreira política, definitivamente. Isso aí [o filme pornô] foi uma experiência única, que não pretendo repetir.


Partido de bundões recebe a "atriz" pornô

A cantora, dançarina e atriz pornô Gretchen assinou hoje, às 16h, sua filiação ao PPS. A intenção é já em 2008 se candidatar à prefeitura da ilha de Itamaracá, em Pernambuco, onde mora há 10 anos. A cerimônia de filiação acontece na Câmara Municipal de Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife.

Ela diz que não foi convidada por ninguém, e procurou o partido por ser uma legenda que "valoriza a mulher". Mas ela não sabe ao certo qual partido pretende suceder na Prefeitura da ilha. Acha que é o PTB, . Não é. O prefeito de Itamaracá é Paulo Geraldo Xavier, eleito pelo PFL (atual DEM).

0 Opinaram:

Postar um comentário