PSDB abre crise antes da instalação

| |


Antes mesmo da criação da CPI do Apagão Aéreo na Câmara, O PSDB pode entrar em guerra por causa dos nomes indicados para a comissão. Um dos autores do requerimento, o deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ), não gostou de ter sido nomeado suplente pelo líder do partido na Câmara, Antônio Carlos Pannunzio. Leite só ficou sabendo da nomeação dentro do avião, ontem à noite, quando embarcava para o Rio, e disse que retiraria seu nome do requerimento.

Para as três vagas do PSDB, Pannunzio indicou os deputados Gustavo Fruet (PR) e Vanderlei Macris (SP) - além de Zenaldo Coutinho (PA). Ontem, o Democratas também anunciou os nomes dos parlamentares que vão compor a comissão: Solange Amaral (RJ), Vitor Penido (MG) e Vic Pires (PA). A indicação dos governistas será na próxima semana.

Os líderes do PSDB e do DEM no Senado, Arthur Virgílio e José Agripino Maia, respectivamente, anunciaram os nomes para a CPI no Senado à tarde. O Democratas terá na comissão os senadores Antonio Carlos Magalhães (BA), Demóstenes Torres (GO) e o próprio Agripino (RN). Sérgio Guerra (PE) e Mário Couto (PA) vão representar os tucanos.

0 Opinaram:

Postar um comentário