Promotor que atropelou e matou 3 volta a trabalhar

| |


O promotor estadual Wagner Grossi, 42, que atropelou e matou três pessoas da mesma família, em 5 de outubro, em uma rodovia de Araçatuba (530 km de São Paulo), voltou a trabalhar nesta semana.

Segundo o Ministério Público Estadual, ele reassumiu o cargo na última segunda-feira, mas a Corregedoria Geral pediu ao Conselho Superior do órgão a remoção compulsória de Grossi para outra cidade. O órgão ainda não analisou o pedido.
Grossi foi afastado, cautelarmente, do cargo. A própria investigação do Ministério Público mostra que o promotor trafegou na contramão, ignorou duas lombadas, estava acima da velocidade máxima permitida e embriagado.

0 Opinaram:

Postar um comentário