Lula: ninguém quer presidente sem sorte

| |


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em entrevista veiculada hoje pela TV Gazeta que gostaria de continuar com a sorte que o levou a alcançar os indicadores econômicos de sua gestão.

"Nós pagamos o FMI, pagamos o Clube de Paris e temos (US$) 200 bilhões de reservas. Alguém pode dizer que é sorte. Para que serve um presidente de um país, um marido, um técnico de futebol, um goleiro se ele não tiver sorte? Ninguém aposta em quem tem azar. Então, que quero continuar com sorte."

O presidente voltou a dizer que é contra um terceiro mandato para o poder Executivo.

"Eu sou contra um terceiro mandato. Só quer um terceiro mandato quem não sabe qual o tamanho e peso de governar este País. A alternância de poder é a coisa mais importante para fortalecer a democracia brasileira."

Lula também lembrou da desconfiança que cercava seu governo antes do primeiro mandato e citou indicadores de sua gestão.

"Primeiro, as pessoas achavam que nós iríamos ganhar as eleições e o Brasil iria quebrar. Hoje a gente apresenta o Brasil crescendo a 5,4% (ao ano), e eu acho que vai ser mais quando vier a revisão do IBGE, o Brasil batendo recorde de emprego todo o mês, a economia crescendo há 24 meses consecutivos."

0 Opinaram:

Postar um comentário