Brasil quer mais acordo com Cuba

| |


A Petrobras estuda um bloco para exploração em águas profundas de Cuba como parte de um acordo mais amplo de cooperação com o país. "Planejamos cooperar não só na exploração e na produção, mas em lubrificantes, no refino e no treinamento", disse o assessor da presidência da Petrobras,André Ghirardi, durante um encontro de empresários cubanos e brasileiros em Havana.

"Trabalhamos com a possibilidade de explorar um bloco no Golfo do México e as negociações estão avançando", acrescentou. Sete empresas estrangeiras assinaram acordos de exploração com a petroleira estatal cubana Cupet para 28 dos 59 blocos disponíveis nas águas profundas do Golfo, na Zona de Exclusão Econômica de Cuba.

O Serviço Geológico dos EUA estima que a bacia no norte de Cuba pode conter 4,6 bilhões de barris de petróleo. Ghirardi afirmou que as negociações para a construção de uma fábrica de lubrificantes em Cuba caminhavam bem, apesar de nenhum acordo ter sido assinado.

0 Opinaram:

Postar um comentário