Serra: PT quer transformar apuração do caso Alstom em "eleitoralismo"

| |


O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse ontem que a proposta de criação de uma CPI no Congresso para investigar denúncias de irregularidades nos contratos firmados entre o governo paulista e a multinacional francesa Alstom faz parte do "kit PT" em época eleitoral. O Ministério Público de São Paulo recebeu documentos da Suíça sobre uma investigação de pagamento de propinas envolvendo a Alstom no Brasil entre 1998 e 2001. Os petistas querem investigar o caso.

- Isso é eleitoralismo, é o kit PT - afirmou Serra, comentando proposta do deputado João Bacelar (PR-BA), da base do governo, que pretende reunir as 171 assinaturas necessárias para criar a CPI entre os 513 parlamentares.

Petista contesta governador e pede investigação

Na Assembléia Legislativa de São Paulo, os petistas cobram do governador apoio à apuração do caso.

- É uma saída fácil, pouco inteligente do governador, falar em interesse eleitoral - disse o líder da bancada do PT, deputado Roberto Felício.

Para Serra, a primeira ação a ser feita pelo governo estadual é tomar conhecimento dos documentos enviados pelo Ministério Público da Suíça ao governo brasileiro.

- Até agora a única coisa que se conhece são vazamentos (pela imprensa). disse Serra.

0 Opinaram:

Postar um comentário