TRE do Rio vai disponibilizar 'lista suja' para divulgação

| |


Juízes eleitorais reunidos no Rio decidiram ontem facilitar o acesso a informações sobre registro de candidatura de políticos que enfrentam processos na Justiça. No primeiro dia da reunião do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), que termina hoje no Rio, o presidente do TRE fluminense, desembargador Roberto Wider, recomendou que os juízes de registro enviem a lista de candidatos com ficha suja para a Associação de Magistrados Brasileiros (AMB), com o objetivo de divulgar o conteúdo aos eleitores.

“A exigência da ficha limpa é uma forma de colaborarmos para a melhoria do padrão ético-político da nossa sociedade”, afirmou Wider. Anteontem, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avisou que não vai divulgar a ficha dos candidatos.

Presidente do TRE do Rio Grande do Norte e do colegiado que se reuniu ontem, Cláudio Santos opinou que a elaboração de uma eventual lista de candidatos processados pela Justiça Eleitoral poderia “jogar todos que respondem a processo numa vala comum”.

Wider frisou, porém, que a recente decisão do TSE de não barrar candidatos com ficha suja, mas sem condenação definitiva, não muda o entendimento dos juízes regionais. Ele indicou que recusará candidatos com ficha criminal.

Os magistrados também aprovaram uma moção de apoio ao presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, por sua intenção de veicular propaganda institucional alertando o eleitor sobre o tema.

0 Opinaram:

Postar um comentário