Debandada geral em Brasília

| |


Com o recesso parlamentar, o Judiciário em regime de plantão e o envolvimento de congressistas e ministros na já aquecida campanha pelas prefeituras em suas bases eleitorais, Brasília tomou ares de cidade fantasma nesta semana. Ao menos dez dos 34 ministros que compõem a equipe do presidente Luiz Inácio Lula da Silva – ele próprio cumprindo uma agenda lotada de viagens para o exterior – debandaram da cidade para cuidar de compromissos oficiais e não-oficiais nos Estados.

É o caso do ministro da Cultura, Gilberto Gil, em turnê de shows pela Europa com sua Broadband Band Festival. Na agenda publicada na página pessoal de Gil na internet, ontem, constava um show em Roma (Itália). Amanhã, será a vez da cidade francesa de Montauban ouvir os trinados do ministro. Também cumprindo agenda internacional, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, levou praticamente todo o comando das Forças Armadas para Las Vegas.

Bandeira vermelha

Lá, o ministro, acompanhado do do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Clifford Sobel, acompanhará a atuação da Força Aérea Brasileira na operação Red Flag – uma espécie de combate simulado envolvendo as Forças Aéreas dos Estados Unidos e países aliados para exercício de confronto bélico aéreo.

Jobim, que permanece nos Estados Unidos até o fim do mês, ainda passará pelas cidades de Miami e Key West, na Flórida, onde se encontrará com o Comandante do Comando Sul, Almirante James Stavridis, responsável pela implementação da estratégia militar americana na América Latina.

Titular da pasta de Ciência e Tecnologia, o ministro Sérgio Rezende trocou ontem Brasília por Olinda (PE), onde recebeu título de cidadão honorário da prefeitura. Rezende foi secretário do Patrimônio, Ciência e Cultura da Prefeitura de Olinda, nos anos de 2001 e 2002 e pertence aos quadros do PSB, que faz parte da base de apoio de Renildo Calheiros (PCdoB), candidato à prefeitura da cidade.

De Teresina ao Rio

O VIII Fórum de Governadores do Nordeste, realizado em Teresina (PI) começa hoje com a participação dos ministros do Planejamento, Paulo Bernardo, e das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, discutindo a demanda dos governadores pela desburocratização dos repasses de recursos federais voltados para investimentos nos Estados.

Já os ministros do Turismo, Luiz Barreto, e do Esporte, Orlando Silva, se deslocaram ao Rio de Janeiro ontem para participar da apresentação da Casa Brasil em Pequim, que irá promover e divulgar o país na China durante as Olimpíadas, e da Conferência de Ministros responsáveis pela Juventude e Desporto da Comunidade dos Países da Língua Oficial Portuguesa.

0 Opinaram:

Postar um comentário