Irmã de Lula em palanque tucano

| |


comerciante Ledinalva da Silva dos Santos está sob os holofotes na eleição de Cuiabá (MT). Depois de gravar uma mensagem de apoio para o programa eleitoral do candidato do PSDB, o prefeito Wilson Santos, que tenta a reeleição, a irmã do presidente Luiz Inácio Lula da Silva por parte de pai foi além: passou a subir no palanque do prefeito. A estréia foi na última segunda-feira. Em um comício no bairro Pedra 90, na periferia da cidade, Ledinalva recebeu tratamento de estrela. Ela afirmou ao Correio (leia entrevista nesta página) que não pediu a bênção ao irmão famoso para reforçar uma candidatura do principal partido de oposição ao presidente Lula. “Eu acho que sou livre, não sou? Voto em quem quiser, apóio quem eu quiser. Não sou presa a ninguém”, declarou.

Ledinalva, de 52 anos, mora há quase 20 no Jardim Itapuã, em Cuiabá, e disse que mantém pouco contato com o presidente Lula. “É difícil. A última vez que falei com ele foi quando esteve em Cuiabá, há um ano”, contou. O candidato do PR à prefeitura, Mauro Mendes, minimizou a participação de Ledinalva na campanha de seu adversário. A coligação tem como vice a petista Vera Lúcia Pereira Araújo, a professora Verinha. “Temos o apoio formal do presidente Lula. Ela(Ledinalva) não tem peso político nenhum”, disse Mendes.

Wilson Santos, no entanto, conta ainda com o apoio do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, que viajou à capital mato-grossense esta semana para manifestar seu apoio ao prefeito. Cuiabá é a única capital da Região Centro-Oeste em que o PSDB lançou candidato próprio à prefeitura. “A vitória de Wilson Santos é, para nós, o que há de mais importante no Centro-Oeste. Ele passará a ser a principal referência na região”, disse o governador tucano, em entrevista na última segunda-feira. Já Mauro Mendes tem o apoio do governador Blairo Maggi. “Não sou da ‘turma da botina’, não planto soja, mas nos tornamos amigos”, declarou. Além deles, outros três candidatos disputam a prefeitura da cidade: Walter Rabello (PP), Valtenir Pereira (PSB) e Mauro César Barros (PSol).

Entrevista - ledinalva da silva
“Eu sou livre”

Irmã do presidente Lula, Ledinalva da Silva dos Santos, de 52 anos, diz que não pretende entrar na política. Mas a comerciante, casada e mãe de três filhos, fez questão de apoiar o candidato tucano. Depois da estréia, Ledinalva disse que vai prestigiar todos os comícios do prefeito Wilson Santos, que tenta a reeleição. “Estou na chuva para me molhar”, afirmou.

Por que você decidiu apoiar o Wilson Santos?
Eu acredito no trabalho dele, que vai haver muita mudança pelo que ele já fez e pelo que vai continuar fazendo. Melhor deixá-lo lá na prefeitura para ele continuar os projetos dele. Já começou o trabalho e o que eu digo é: deixa o homem trabalhar.

Mas esse não é o slogan do presidente Lula?
Eu uso também (risos).

Foi você quem procurou o Wilson Santos para gravar um programa do partido?
Eu me ofereci, queria mudar. O PT não tem candidato, é de outro partido. Então eu decidi ajudar o Wilson Santos, apoiá-lo.

Em algum momento houve problema com o PT?
Não, ninguém me procurou.

E o presidente?
Não se manifestou.

Você ligou para ele ou ele para você?
Eu acho que eu sou livre, não sou? Voto em quem quiser, apóio quem eu quiser. Não sou presa a ninguém. Eu decidi apoiar o Wilson Santos porque gosto do trabalho dele, do que ele está fazendo por Cuiabá. No meu bairro mesmo, ele fez muita coisa. Por isso decidi ajudá-lo.

E você tem participado diariamente dos comícios?
Tenho participado das reuniões. Comício foi o primeiro. Não pude participar dos outros porque estava doente, mas vou participar de todos. Estou na chuva para me molhar.

0 Opinaram:

Postar um comentário