Universidades federais terão 44 mil novas vagas

| |


O ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou ontem, em cerimônia no Palácio do Planalto, que as universidades federais vão oferecer 227.668 vagas em 2009. O número representa um aumento de 44,2 mil vagas em relação à oferta deste ano. A Universidade de Brasília (UnB) será contemplada com o aumento de 3.102 vagas. Enquanto em 2008, foram 4880, serão 7.982 no próximo ano — sendo 6.082 em cursos presenciais e 1.900 em formação feita a distância.

A ampliação da oferta é resultado do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni). Segundo o ministro, as oportunidades dobraram em relação a 2003, quando foram oferecidas 113.983 — todos os dados incluem os cursos presenciais e do ensino a distância. As regiões que apresentam maior crescimento na oferta das universidades federais são a Nordeste, com aumento de 122%, e a Sul, com 107%.

Dados do Ministério da Educação mostram que a ampliação do acesso às instituições federais está diretamente relacionada ao crescimento dos cursos noturnos. Enquanto em 2006, eram 29.549 cursos que funcionavam à noite, esse número chegará a 79.080 em 2009.

Presente na cerimônia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que é intenção do governo investir na construção de novas universidades e ampliar a contratação de professores. “Eu queria que alguém dissesse como é que a gente vai transformar esse país num país de alta competência educacional se a gente não contratar professor, se a gente não contratar técnico e não fizer universidade. Seria muito mais fácil pensar que o mercado vai resolver esse problema e não gastar dinheiro. Mas eu não acredito nisso”, salientou o presidente.

Para garantir esse crescimento, o governo federal deverá contratar professores e técnicos administrativos para as universidades por meio de concursos. Haddad informou ainda que os projetos de mais quatro universidades tramitam no Congresso Nacional. Com isso, serão 59 universidades federais no país. De acordo com o ministro, a meta de investimento previsto para o Reuni até 2012 é de R$ 2 bilhões.

As universidades federais também são responsáveis por mais de 1.400 cursos de pós-graduação, sendo que mais da metade deles é de doutorado. Mestrados e doutorados atendem hoje mais de 70 mil estudantes.

Questionário do Enem
Os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não entregaram o questionário socioeconômico preenchido no dia da prova podem enviá-lo para o Inep, responsável pelo exame. As questões e o cartão de resposta estão disponíveis no site www.inep.gov.br. As informações devem ser enviadas para a Diretoria de Avaliação da Educação Básica, no endereço SCN Quadra 4, Bloco B —Centro Empresarial Varig —, Sala 704. CEP 70.714-900, Brasília-DF.

0 Opinaram:

Postar um comentário