Crédito para comprar material de construção

| |

Hoje, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus ministros da área econômica terão uma reunião com os bancos públicos para discutir, por exemplo, o elevado nível das taxas de juros e dos spreads bancários (diferença entre a taxa que a instituição financeira paga para captar recursos da que ele cobra de seus clientes). A expectativa é de que o pacote de estímulo à habitação seja divulgado na próxima semana. Segundo Ideli Salvatti, essas demandas do setor de material de construção serão levadas pelo Ministério da Fazenda para este encontro. A senadora frisou ainda que os governos estaduais também precisam dar sua contribuição para reduzir os impactos da crise econômica. Uma das maneiras de se fazer isso é reduzir o ICMS.


R$ 27 bi na habitação

A vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Clarice Coppetti, confirmou que o orçamento para crédito imobiliário da instituição para este ano será de R$ 27 bilhões, ante R$ 22 bilhões no ano passado quando, segundo ela, foram financiadas 45% unidades a mais pelo banco do que em 2007. Clarice participou do lançamento do Condomínio Trieste, que tem 340 unidades habitacionais no bairro de Campo Grande, Zona Oeste do Rio, e recebeu investimentos de R$ 13,6 milhões. Os imóveis são financiados pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR) e estão avaliados em R$ 40 mil, com prestações mensais em torno de R$ 280. O Trieste, 100 apartamentos foram adquiridos por policiais beneficiados pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Profissionais da área de segurança pública com renda mensal familiar de até R$ 2.800 podem participar de qualquer empreendimento financiado pelo PAR.

0 Opinaram:

Postar um comentário