Venda de veículos bate 270 mil unidades em março histórico

| |


A expectativa sobre a prorrogação do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) fez as vendas de veículos superar todos os recordes e registrar no último dia de março o maior volume diário de vendas, com o emplacamento de 19.763 unidades. Com esse resultado o mês passado fechou com a venda de 271.494 veículos (o que inclui automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus), volume 16,97% superior a março de 2008 - quando foi licenciado no País 232,1 mil veículos -, ano recorde de vendas para a indústria automobilística.

Com os números cadastrados no Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), março assegurou como o melhor de todos os tempos e o segundo recorde de vendas do setor automotivo - o primeiro melhor mês de vendas até então foi em julho de 2008, com o emplacamento de 288.137 unidades.

O resultado do primeiro trimestre deste ano também ficou acima das expectativas dos analistas do mercado, ao fechar com o emplacamento de 688.314 veículos, volume 3,14% acima dos três primeiros meses de 2008 que contabilizou vendas de 647.949 unidades, 20.365 unidades a mais que no mesmo período do ano anterior.

"Neste mês não teremos a mesma correria de março. Com a prorrogação do IPI haverá uma acomodação do mercado e o consumidor vai poder agora comprar o carro se sua preferência", avaliou um analista do setor.

Para o presidente da Dura Automotive, Mário Buttino, a prorrogação do imposto reduzido até o final de junho foi uma medida necessária para manter as vendas do setor e ajudar a equilibrar os estoques. "As montadoras e toda a cadeia de fornecedores já estavam trabalhando convictas que o IPI fosse prorrogado. Portanto, o ritmo de produção deverá se manter no primeiro semestre", prevê Buttino.

Entre os dirigentes das empresas e os analistas do setor automotivo as opiniões são divergentes. Há os que apostam que o mercado alcance neste ano 2,4 milhões de unidades e empate com 2007 e os que arriscam um volume maior, com 2,9 milhões de veículos vendidos no País.

No ranking de vendas trimestrais a liderança ficou com a Volkswagen, com 160.313 veículos emplacados (23,99%), seguida pela Fiat, com 152.773 unidades (22,86%) e a General Motors, com 123.319 unidades (18,45%). A Ford ficou em quarto lugar, com 77.351 unidades (11,57%)

0 Opinaram:

Postar um comentário