Vendas de motos em abril têm alta de 26%

| |


No primeiro mês em que vigorou a isenção da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), a indústria de motocicletas apresentou crescimento nas vendas de 26,2% sobre o resultado de março, totalizando 152 mil unidades. A produção em relação ao mês anterior também registrou elevação, de 3,6%, e encerrou o período com 130,9 mil unidades fabricadas no país.

Porém, mesmo sendo melhores que os dados referentes ao mês de março, os resultados de produção e vendas em abril são, respectivamente, 31,4% e 16,2% inferiores aos de igual período de 2008.

Os números foram divulgados na sexta-feira pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Em comunicado, o presidente da entidade, Paulo Shuiti Takeushi, exaltou as medidas adotadas pelo governo federal, mas ressaltou que ainda é cedo para comemorar uma eventual retomada. "Ainda não se pode comemorar os resultados, mas os números provam que o consumidor continua buscando o melhor custo-benefício para mobilidade e transporte", disse.

As vendas contabilizadas pelas montadoras dizem respeito ao volume comercializado para os concessionários, por isso não estão refletidos nos dados o volume de emplacamentos de veículos divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Isso indica que os concessionários podem estar se preparando para vender mais graças à redução dos impostos.

Neste indicador, referente ao mesmo período, o volume de emplacamentos de motocicletas no país recuou 9% na comparação com março, terminando o mês com 126,6 mil unidades. Em relação à abril do ano passado, quando foram emplacadas 173,9 mil unidades, a queda foi de 27,2%.

De volta aos números da Abraciclo, as exportações não apresentaram sinal algum de recuperação, e terminaram o mês em queda de 68% na comparação com o fechamento de março. No total, foram 2,4 mil motocicletas exportadas, o que significou um recuo de 79,3% em relação ao resultado de abril do ano passado, informou a entidade.

0 Opinaram:

Postar um comentário