PSB avalia chance de lançar Chalita ao governo de SP

| |

O presidente do Diretório Estadual do PSB de São Paulo, deputado Márcio França, admitiu ontem a possibilidade de o vereador Gabriel Chalita (ex-PSDB) concorrer ao governo do Estado nas eleições 2010 pelo partido. A indicação depende ainda da definição da candidatura a governador de Geraldo Alckmin (PSDB), de quem Chalita é aliado político.

Na avaliação de França, a filiação de Chalita foi uma conquista importante para o PSB devido à sua experiência política e por ser um nome de referência no Estado. "Acho que ele está à altura para disputar qualquer cargo. Estamos discutindo outras hipóteses, como disputar o governo do Estado. Isso se o Alckmin for tirado do páreo", disse.

França explicou que Chalita está evitando um conflito direto com Alckmin devido à sua proximidade com o ex-governador. Ele foi secretário Estadual de Educação durante a gestão de Alckmin no Estado e, com o apoio do tucano, foi o vereador mais votado nas eleições de 2008.

Chalita deixou o PSDB em busca de espaço político. Sua intenção inicial era de disputar o Senado. Mas o partido fechou as portas. Em carta divulgada ontem em que confirma a saída do PSDB, o vereador afirma que seu futuro político na nova legenda não está decidido ainda.

A saída de Chalita do PSDB começa a repercutir no Estado. O presidente do Diretório Estadual do PT de São Paulo, Edinho Silva, disse que espera por Chalita no palanque da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pré-candidata do PT à Presidência: "Esperamos que o PSB esteja conosco nas eleições de 2010, inclusive que o Chalita esteja no palanque da Dilma nas eleições de 2010."

0 Opinaram:

Postar um comentário