Caixa

| |

A CEF (Caixa Econômica Federal) já fechou a previsão de financiamentos habitacionais para 2010, no programa batizado de "A Vida Continua": serão R$ 27,5 bilhões, de acordo com Maria Fernanda Ramos Coelho, presidente da instituição. Destes, R$ 16 bilhões virão do FGTS e R$ 11,5 bilhões, da poupança.

Outra meta estabelecida para o próximo ano é a "bancarização" das famílias atendidas pelo programa Bolsa Família. Hoje, só dois milhões têm conta em instituições financeiras. A ideia é chegar a 12 milhões.

No total, a CEF tem hoje 7,5 milhões de contas ditas populares, destinadas a pessoas de menor poder aquisitivo, as chamadas classes C e D. A clientela potencial do serviço é estimada em 20 milhões. Para abrir essas contas, o cliente não precisa ter endereço fixo. Com o RG e o CPF, ele já tem acesso a um crédito que varia de R$ 200 a R$ 1.200. Na média, os créditos são de R$ 600.

0 Opinaram:

Postar um comentário