Entidade ligada a ex-secretário do DEM já recebeu R$ 2 milhõesde Kassab

| |

A prefeitura de São Paulo já pagou mais de R$ 2 milhões à entidade que faria a administração do atendimento odontológico da capital e teve o contrato cancelado pela gestão Gilberto Kassab (DEM) nesta semana após denúncia do Agora. O Ministério Público Estadual, que apura o caso, pede a devolução do dinheiro. O acordo foi desfeito após a Secretaria Municipal da Saúde ser informada pela reportagem que um dos diretores da entidade é Ailton de Lima Ribeiro, que foi secretário-adjunto da pasta por três anos e meio. A gestão alega que foi surpreendida com o fato, que, segundo o prefeito, agora é "assunto encerrado". A secretaria terá de providenciar um novo plano estratégico para que as quatro primeiras AMAs Sorriso possam ser inauguradas. O Iabas (Instituto de Atenção Básica à Saúde) não é mais opção, de acordo com Kassab.

0 Opinaram:

Postar um comentário