Brasil tem o 3º maior fluxo de dólares da história em 2009

| |

O fluxo cambial voltou a ficar no azul em 2009 após a forte saída de dólares no fim de 2008 em meio aos desdobramentos da crise financeira. Resultado anual divulgado nesta quarta-feira, 6, pelo Banco Central (BC) mostra que a entrada de dólares superou a saída de recursos no Brasil em US$ 28,732 bilhões no ano passado, o terceiro maior ingresso de dólares da série histórica do BC, iniciada em 1982. O resultado só é menor que o de 2007 (US$ 87,454 bilhões) e o de 2006 (US$ 37,270 bilhões). O número também é bem diferente do observado em 2008, quando o País perdeu US$ 983 milhões.

Segundo o BC, dezembro de 2009 foi o nono mês consecutivo em que o fluxo de dólares foi positivo para o Brasil. Dados mostram que o País recebeu US$ 1,986 bilhão no mês passado, resultado oposto ao observado em dezembro de 2008 - no auge da crise - quando o Brasil amargou a fuga de US$ 6,373 bilhões.

A entrada de dólares no último mês de 2009 foi liderada pelo segmento financeiro, que registrou ingresso líquido de US$ 3,120 bilhões. Nessa conta, foram registrados entradas totais de US$ 39,186 bilhões e saídas de US$ 36,065 bilhões. O resultado financeiro foi mais que suficiente para cobrir a saída de US$ 1,135 bilhão da conta comercial. Nesse segmento, as importações de dezembro somaram US$ 14,666 bilhões e superaram as exportações de US$ 13,532 bilhões.

Em 2009, a entrada dos dólares também foi liderada pelas operações financeiras, como as transferências de recursos para a compra de ações, títulos de renda fixa e investimento produtivo, entre outras transações. Por essa via, o Brasil recebeu US$ 18,808 bilhões no ano passado, resultado de entradas totais de US$ 336,257 bilhões e saídas de US$ 317,450 bilhões.

Em 2008, a conta financeira havia amargado saída de US$ 48,883 bilhões. Na conta comercial, o ano terminou com saldo líquido positivo de US$ 9,924 bilhões porque as exportações superaram as importações nesse período. O resultado, porém, é muito inferior ao registrado um ano antes, quando o fluxo comercial foi positivo em US$ 47,900 bilhões. Segundo o BC, as exportações de 2009 totalizaram US$ 144,666 bilhões e as importações atingiram US$ 134,742 bilhões. Agência Estado

0 Opinaram:

Postar um comentário