Dado transforma fãs em mulheres de malandro

| |

Mas ele não tinha virado um bom moço? A pergunta corre Brasil a fora enquanto assistimos (chocados) a legítima mulher do ator Dado Dolabella denunciar que sempre sofreu abuso enquanto esteve casada com o ator-cantor. Se ele já havia sido acusado (e condenado) por agredir a atriz Luana Piovani, porque ficamos tão surpresos? Não era esperado que o caráter agressivo do moço continuasse?

Sim. Mas fomos todos vitimas de um excelente trabalho de marketing. Logo após ser denunciado por Luana (a atriz fogosa), ele se casou, teve filhinho e posou para todas as revistas de celebridadas saindo com o pimpolho da maternidade.

Chorou em seu casamento, deu entrevistas falando sobre a maravilha de ser pai. Ou seja, trocou o personagem Bad Boy pelo do homem sensível. Com isso, convenceu a audiência do reality show "A Fazenda" e ganhou R$ 1 milhão.

Isso é que é volta por cima! O cara se envolve em um escândalo por agredir uma mulher famosa, mas logo depois casa, tem filho, constitui família e... ainda fica milionário!

Será que o público foi enganado mesmo ou elegeu por vontade própria um cara que bate em mulher para ganhar um reality show?

A segunda hipótese parece mais provável. Fomos todos mulheres de malandro, aquelas que acreditam que "comigo vai ser diferente." Fomos traídos agora, por isso o choque. Ele não tinha virado um bom rapaz, a mãe dele não tinha garantido isso? Ele não era um ótimo pai, injustiçado por ter que dormir alguns dias na cadeia?

Agora, veremos Dado entrar na prisão. E gritaremos: bem feito! Até que ele invente outro jeito miraculoso de se fazer de bom moço e todo mundo acredite que "agora vai ser diferente'. Ou podemos assistir Dado encarcerado, o que não deixa de ser um bom espetáculo.

0 Opinaram:

Postar um comentário